quinta-feira, 19 de novembro de 2009

O INCONCRETO SER . . .




hoje,
minhas idéias fervem
e se perdem tontas
na visão estradeira
de um coração
arrítmico e apaixonado;
meus vultos
-- os de cada noite –
são cultos às estrelas;
deixe-me apreciá-las
e vê-las, sem trote
nem galope de outros
pensamentos e sombras;
hoje, mais que vertigens,
minhas idéias são
pó e fuligem... rastos
em restos tristes de chão !



(Tadeu Paulo -- 2009-11-19)

Um comentário:

Hapi disse...

hello... hapi blogging... have a nice day! just visiting here....