domingo, 18 de julho de 2010

SEMPRE TE ENCONTRO!






quando as palavras
escorrem em fuga
pela incapacidade
de nosso momento
pouco inspirado e
nada criativo,
nem o choro,
nem a lágrima,
reforçando a dor
e a tristeza, acodem...

socorre, sim, a bendita
e bem chegada teimosia
afivelando a força
da mente “escorrediça”,
mas pega em fuga
e posta a serviço
do coração e das letras...
e o resultado é isto,
mais uma poesia!



(Tadeu Paulo -- 2010-07-01)

Nenhum comentário: