sexta-feira, 9 de abril de 2010

TANTO VER; TANTO AMAR




te vi clara
linda, intensa;
te senti perfume
de manhã chuvosa;
cheiro de hortelã
e alecrim;
te vi nua;
mais que nunca,
mulher e encanto;
e te senti
como te gosto,
nos meus lábios
e na minha língua...
te provei, inteira;
te invadi,
sem descuidos...
“viajamos” juntos...
chove lá fora;
aqui dentro,
chovemos nós,
de puro amor
e muito prazer!



(Tadeu Paulo -- 2010-04-06)

Nenhum comentário: