sábado, 7 de fevereiro de 2009

O TAMANHO DE AMAR !




Choro cada tempo perdido;
cada momento de dor;
cada distância e afastamento;
choro por mim, por ti, por nós;
choro pela tristeza de meus olhos,
que dançam perdidos em suas
próprias e definitivas trevas,
mas nunca perco para a fé,
que renasce todos os dias;
nem para a esperança,
que é filha de meus sonhos;
e é atrás dela que eu corro,
porque sou infinitamente maior
do que os desejos, que persigo..
e um dia, sentada num banco de praça,
ou dobrando uma esquina,
sei que e te encontro
para nunca mais te deixar !



(Tadeu Paulo -- 2009-01-31)

Nenhum comentário: