sábado, 3 de janeiro de 2009

CONFISSÕES SECRETAS



Enquanto puder,
serei apenas poeta;
depois, teu homem;
então, navegarei
de poema em poema
até me encontrar
no primeiro e
verdadeiro verso;
mas se possível,
serei magia;
viajarei minuto a minuto
aos confins do tempo,
e te farei... de ti
a mais linda poesia
e te encontrarei
bela e infinita
-- como sempre –
cuja mulher há-de
saltar dos versos
para meus dias;
e te sentirei
onde estiveres;
seja em qualquer um
dos tantos sonhos;
seja em qualquer um
dos inúmeros
e eternos amanhãs...
só então... serei amor !



(Tadeu Paulo -- 2009-01-02)
Tadeu Paulo
Publicado no Recanto das Letras em 03/01/2009
Código do texto: T1365183

3 comentários:

John Maszka disse...

What a beautiful blog!

marcia ragina disse...

Vc está de parabens, seus pormas são lindos.

NINA disse...

Belíssimo o teu blog, da vontade de ler, ler, ler e sonhar, sonhar, sonhar...parabéns, bjossssss