segunda-feira, 16 de junho de 2008

POR AMAR TANTO !




por amar tanto,
eu e o silêncio absoluto
entramos pela mesma porta;
tomamos conta do mesmo quarto;
partilhamos a mesma cama e lençóis;
vivenciamos a concretude da solidão
e o abstrato de meus sonhos;
dividimos lágrimas noturnas;
fustigamos lembranças barulhentas,
e todas as noites abraçamos a saudade;
por amar tanto... e por só ser...
que bom fazer-me traço fraco e invisível
em cada uma de todas as madrugadas...



(Tadeu Paulo -- 2008-06-13)
Tadeu Paulo
Publicado no Recanto das Letras em 13/06/2008
Código do texto: T1032402

Um comentário:

Sintonias do coração disse...

*****

Poeta do amor
Por amar tanto!
Conseguiu transmitir a dor em poucas palavras...
Meu teclado correu riscos...
Tenha uma semana de muita paz, tranquilidade e amor! Muito amor em seu coração!
Seja feliz!
Beijos
Helô

*****